Uma Nova Especialidade Médica: Informática.

img2

Pode parece estranho, mas a Informática, área essencialmente tecnológica do ramo das exatas, que não envolve contato algum com pacientes, agora é considerada uma especialidade médica.

Foi criada nos Estados Unidos Associação Americana de Informática Médica (AMIA). A especialidade Informática Clínica que está se tornando uma tendência mundial, unificando ciência e tecnologia, aplicando conhecimentos interdisciplinares em ambas as áreas.

Há dezenas de milhares de ofertas de empregos bem remuneradas nos EUA, o mesmo vale para grande parte dos países desenvolvidos que buscam esse novo profissional, o médico que se dedica à informática aplicada ao setor da saúde.

Uma das dificuldades enfrentadas no Brasil, é que este profissional ainda é muito raro, mesmo com o aumento considerável de inovações nessa área. Em outras palavras, essa é uma nova e promissora oportunidade de especialização e de trabalho para médicos.

Os profissionais qualificados para este segmento, são multidisciplinares, surgindo da união das ciências exatas (engenharia, computação, matemática, lógica) e ciências biológicas(biologia humana, medicina, etc). Como a quantidade de centros com excelência acadêmica nesta área ainda é escassa, a maioria destes profissionais se capacitam com pós-graduação lato-sensu ou mesmo mestrado e doutorado, mas que não tem como foco o profissional da área medica.

Se você é médico e gosta de tecnologia, saiba que os campos de trabalho para quem quer focar na área de informática na medicina são muito números e diversificados, que vão desde criação de aplicações médicas à gerenciamento de sistemas computadorizados dentro do ambiente clínico.

Fonte: http://goo.gl/v0pP1H

Postagens recente